2. Orientações para Escrita

Em geral, ao criar a documentação do reST para o projeto QGIS, siga as `diretrizes de estilo de documentação do Python <https://devguide.python.org/documenting/> _. Por conveniência, fornecemos um conjunto de regras gerais nas quais confiamos para escrever a documentação do QGIS abaixo.

2.1. Escrevendo Documentação

2.1.1. Cabeçalhos

Cada página da web da documentação corresponde a um arquivo .rst.

As seções usadas para estruturar o texto são identificadas através do título, sublinhado (e com linha acima para o primeiro nível). Os títulos do mesmo nível devem usar o mesmo caractere para sublinhar. Na documentação do QGIS, você deve usar os seguintes estilos para capítulo, seção, subseção e minisseção.

********
Chapter
********

Section
=======

Subsection
----------

Minisec
.......

Subminisec
^^^^^^^^^^

2.1.2. Listas

Lists are useful for structuring the text. Here are some simple rules common to all lists:

  • Comece todos os itens da lista com uma letra maiúscula

  • Não utilize pontuação após itens em lista que contém apenas uma sentença

  • Use period ( . ) as punctuation for list items that consist of several sentences or a single compound sentence

2.1.3. Etiquetas na linha

Você pode usar etiquetas para enfatizar itens.

  • Menu da GUI: para marcar uma sequência completa de seleções de menu, incluindo a seleção de submenus e a escolha de uma operação específica ou qualquer subsequência dessa sequência.

    :menuselection:`menu --> submenu`
    
  • Dialogs and Tab titles: Labels presented as part of an interactive user interface including window titles, tab titles, button and option labels.

    :guilabel:`title`
    
  • Nomes de arquivos e diretórios

    :file:`README.rst`
    
  • Ícones com texto popup

    |icon| :sup:`popup_text`
    

    (veja image abaixo).

  • Atalhos do Teclado

    :kbd:`Ctrl+B`
    

    irá mostrar Ctrl+B

    Ao descrever os atalhos de teclado, as seguintes convenções devem ser usadas:

    • As teclas de letras são exibidas em maiúsculas: S

    • As teclas especiais são exibidas com uma primeira letra maiúscula: Esc

    • Key combinations are displayed with a + sign between keys, without spaces: Shift+R

  • Texto do usuário

    ``label``
    

2.1.4. Rótulos/referências

As âncoras dentro do texto podem ser usadas para criar hiperlinks para seções ou páginas.

O exemplo abaixo cria a âncora de uma seção (por exemplo, Rótulo/título de referência)

.. _my_anchor:

Label/reference
---------------

Para chamar a referência na mesma página, use

see my_anchor_ for more information.

o qual irá retornar:

veja my_anchor para mais informação.

Observe que ele vai pular para a linha/coisa seguindo a ‘âncora’. Você não precisa usar apóstrofes, mas precisa ter linhas vazias após a âncora.

Um outro modo para pular para o mesmo lugar de qualquer lugar na documentação é usar a regra “:ref:”.

see :ref:`my_anchor` for more information.

que criará um link com a legenda (neste caso, o título desta seção!):

veja :ref:’my_anchor’ para mais informação.

Portanto, a referência 1 (my_anchor) e a referência 2 (Rótulos/referências). Como a referência geralmente exibe uma legenda completa, não é realmente necessário usar a palavra seção. Observe que você também pode usar uma legenda personalizada para descrever a referência:

see :ref:`Label and reference <my_anchor>` for more information.

que retorna:

veja :ref: Rótulo e referência <my_anchor> para mais informação.

2.1.5. Figuras e Imagens

2.1.5.1. Fotos

Para inserir uma imagem, use

.. figure:: /static/common/logo.png
   :width: 10 em

o qual retorna

../../_images/logo.png

2.1.5.2. Substituição

Você pode colocar uma imagem dentro do texto ou adicionar um codinome para usar em qualquer lugar. Para usar uma imagem dentro de um parágrafo, primeiro crie um codinome no arquivo source/substitutions.txt:

.. |nice_logo| image:: /static/common/logo.png
               :width: 1 em

e então chamá-lo em seu parágrafo:

My paragraph begins here with a nice logo |nice_logo|.

This is how the example will be displayed:

My paragraph begins here with a nice logo nice_logo.

Para permitir a renderização de visualização no GitHub, o mais próximo possível da renderização em HTML, você também precisará adicionar a chamada de substituição de imagem no final do arquivo alterado. Isso pode ser feito copiando-o de substitutions.txt ou executando o script scripts/find_set_subst.py.

Nota

Currently, to ensure consistency and help in the use of QGIS icons, a list of aliases is built and available in the Substituições chapter.

2.1.5.3. Figura

.. _figure_logo:

.. figure:: /static/common/logo.png
   :width: 20 em
   :align: center

   A caption: A logo I like

O resultado se parece com isso:

../../_images/logo.png

Fig. 2.19 Uma legenda: Um logo de que eu gosto

To avoid conflicts with other references, always begin figure anchors with _figure_ and use terms that easily connect to the figure caption. While only the centered alignment is mandatory for the image, feel free to use any other options for figures (such as width, height, scale…) if needed.

The scripts will insert an automatically generated number before the caption of the figure in the generated HTML and PDF versions of the documentation.

Para usar uma legenda (veja Minha legenda), basta inserir o texto recuado após uma linha em branco no bloco de figuras.

A figure can be referenced using the reference label like this:

see :numref:`figure_logo`

renders like this:

see Fig. 2.19

This is the preferred way of referencing figures.

Nota

For :numref: to work, the figure must have a caption.

Avoid using :ref: instead of :numref: for reference,since this returns the full caption of the image.

see :ref:`figure_logo`

renders like this:

veja Uma legenda: Um logo de que eu gosto

2.1.5.4. Tabelas

A simple table can be coded like this

=======  =======  =======
x        y        z
=======  =======  =======
1        2        3
4                 5
=======  =======  =======

It will render like this:

x

y

z

1

2

3

4

5

Use a \ (backslash) followed by an empty space to leave an empty space.

You can also make more complicated tables and reference them:

.. _my_drawn_table:

+---------------+--------------------+
| Windows       | macOS              |
+---------------+--------------------+
| |win|         | |osx|              |
+---------------+--------------------+
| and of course not to forget |nix|  |
+------------------------------------+

My drawn table, mind you this is unfortunately not regarded as a caption

You can reference it like this: my_drawn_table_.

O resultado:

Windows

macOS

win

osx

e, é claro, não se esqueça nix

Minha tabela desenhada, lembre-se de que isso infelizmente não é considerado uma legenda

Você pode fazer referência a ela como esta my_drawn_table.

Para tabelas ainda mais complexas, é mais fácil usar list-table:

.. list-table::
   :header-rows: 1
   :widths: 20 20 20 40

   * - What
     - Purpose
     - Key word
     - Description
   * - **Test**
     - ``Useful test``
     - complexity
     - Geometry.  One of:

       * Point
       * Line

O resultado:

O Que

Finalidade

Palavra chave

Descrição

Teste

Teste Útil

complexidade

Geometria. Uma de:

  • Ponto

  • Linha

2.1.6. Índice

Um índice é uma maneira útil de ajudar o leitor a encontrar informações em um documento. A documentação do QGIS fornece alguns índices essenciais. Existem algumas regras que nos ajudam a fornecer um conjunto de índices que são realmente úteis (coerentes, consistentes e realmente conectados entre si):

  • Um índice deve ser legível por humanos, compreensível e traduzível; um índice pode ser criado com muitas palavras, mas você deve evitar caracteres _, - … desnecessários para vinculá-los, ou seja, Carregando camadas em vez de carregando_camadas ou carregandoCamadas.

  • Coloque letra maiúscula apenas a primeira letra do índice, a menos que a palavra tenha uma ortografia específica. Por exemplo, Carregamento de camadas, Geração do atlas, WMS, pgsql2shp.

  • Fique de olho na Lista de índices para reutilizar a expressão mais conveniente com a ortografia correta e evitar duplicatas desnecessárias.

Existem várias marcas de índice no RST. Você pode usar a etiqueta :index: na linha do texto normal:

QGIS can load several :index:`Vector formats` supported by GDAL/OGR ...

Or you can use the .. index:: block-level markup which links to the beginning of the next paragraph. Because of the rules mentioned above, it is recommended to use the block-level tag:

.. index:: WMS, WFS, Loading layers

Também é recomendável usar parâmetros de índice como single, pair e see, a fim de criar uma tabela de índice mais estruturada e interconectada. Consulte Geração de índice para obter mais informações sobre a criação de índices.

2.1.7. Comentários especiais

Sometimes, you may want to emphasize some points of the description, either to warn, remind or give some hints to the user. In QGIS Documentation, we use reST special directives such as .. warning::, .. seealso::`, ``.. note:: and .. tip::. These directives generate frames that highlight your comments. See Paragraph Level markup for more information. A clear and appropriate title is required for both warnings and tips.

.. tip:: **Always use a meaningful title for tips**

   Begin tips with a title that summarizes what it is about. This helps
   users to quickly overview the message you want to give them, and
   decide on its relevance.

2.1.8. Partes de código

You may also want to give examples and insert code snippets. In this case, write the comment below a line with the :: directive inserted. For a better rendering, especially to apply color highlighting to code according to its language, use the code-block directive, e.g. .. code-block:: xml. More details at Showing code.

Nota

Enquanto textos em nota, quadros de dica e aviso são traduzíveis, lembre-se de que os quadros de bloco de código não permitem a tradução. Então, evite comentários não relacionados ao código e mantenha os comentários o mais curtos possível.

2.1.9. Notas de rodapé

Observação: as notas de rodapé não são reconhecidas por nenhum software de tradução e também não são convertidas para o formato pdf corretamente. Então, se possível, não use notas de rodapé na documentação.

This is for creating a footnote (showing as example 1)

blabla [1]_

Que irá apontar para:

1

Atualizações dos principais complementos

2.2. Gerenciando Capturas de Tela

2.2.1. Adicionar novas Capturas de Tela

Aqui estão algumas dicas para criar novas capturas de tela com boa aparência. As imagens devem ser colocadas em uma pasta de imagem (img /) localizada na mesma pasta que o arquivo referenciando .rst.

  • You can find some prepared QGIS-projects that are used to create screenshots in the ./qgis-projects folder of this repository. This makes it easier to reproduce screenshots for the next version of QGIS. These projects use the QGIS Sample Data (aka Alaska Dataset), which should be placed in the same folder as the QGIS-Documentation Repository.

  • Reduza a janela para o espaço mínimo necessário para mostrar o recurso (usar a tela inteira para uma pequena janela modal > exagero)

  • Quanto menos bagunça, melhor (não é necessário ativar todas as barras de ferramentas)

  • Don’t resize them in an image editor; the size will be set into the .rst files if necessary (downscaling the dimensions without properly upping the resolution > ugly)

  • Recorta o fundo

  • Tornar os cantos superiores transparentes se o fundo não for branco

  • Set print size resolution to 135 dpi (e.g. in Gimp set the print resolution Image ► Print size and save). This way, images will be at original size in html and at a good print resolution in the PDF. You can also use ImageMagick convert command to do a batch of images:

    convert -units PixelsPerInch input.png -density 135 output.png
    
  • Salve-os como .png (para evitar artefatos file:.jpeg)

  • The screenshot should show the content according to what is described in the text

Dica

Se você estiver usando o Ubuntu, pode usar o seguinte comando para remover a função de menu global e criar telas menores de aplicativos com menus:

sudo apt autoremove appmenu-gtk appmenu-gtk3 appmenu-qt

2.2.2. Capturas de Tela Traduzidas

Aqui estão algumas dicas adicionais para quem deseja criar capturas de tela para um guia do usuário traduzido:

Translated images should be placed in a img/<your_language>/ folder. Use the same filename as the english ‘original’ screenshot.

2.3. Documentando os Algoritmos de Processamento

Se você deseja escrever a documentação para os Algoritmos de processamento, considere estas diretrizes:

  • Os arquivos de ajuda do algoritmo de processamento são parte do Guia do Usuário QGIS, então tem a mesma formatação do Guia do Usuário e demais documentação.

  • Each algorithm documentation should be placed in the corresponding provider folder and group file, e.g. the algorithm Voronoi polygon belongs to the QGIS provider and to the group vectorgeometry. So the correct file to add the description is: source/docs/user_manual/processing_algs/qgis/vectorgeometry.rst.

    Nota

    Antes de começar a escrever o guia, verifique se o algoritmo já está descrito. Nesse caso, você pode melhorar a descrição existente.

  • É extremamente importante que cada algoritmo tenha uma âncora que corresponda ao nome do provedor + o próprio nome do algoritmo. Isso permite que o botão de Ajuda abra a página da Ajuda na seção correta. A âncora deve ser colocada acima do título, e.g. (veja também a seção Rótulos/referências ):

    .. _qgisvoronoipolygons:
    
    Voronoi polygons
    ----------------
    

    Para descobrir o nome do algoritmo, basta passar o mouse sobre o algoritmo na caixa de ferramentas Processamento.

  • Evite usar “Este algoritmo faz isto e aquilo…” como primeira frase da descrição do algoritmo. Procure usar expressões mais gerais como:

    Takes a point layer and generates a polygon layer containing the...
    
  • Avoid describing what the algorithm does by replicating its name and please don’t replicate the name of the parameter in the description of the parameter itself. For example if the algorithm is Voronoi polygon consider to describe the Input layer as Layer to calculate the polygon from.

  • Indique na descrição se o algoritmo possui um atalho padrão no QGIS ou suporta a edição no local.

  • Inclua imagens! Uma imagem vale mais do que mil palavras! Use o formato .png e siga as orientações gerais para documentação (veja a seção Figuras e Imagens para mais informações). Coloque o arquivo de imagem na pasta correta, i.e. a pasta img próxima do arquivo .rst que você está editando.

  • Se necessário, adicione links na seção “Veja também” que fornecem informações adicionais sobre o algoritmo (por exemplo, publicações ou páginas da web). Adicione apenas a seção “Veja também” se realmente houver algo para ver. Como boa prática, a seção “Veja também” pode ser preenchida com links para algoritmos semelhantes.

  • Give clear explanation for algorithm parameters and outputs: take inspiration from existing algorithms.

  • Evite duplicar a descrição detalhada das opções do algoritmo. Adicione essas informações na descrição do parâmetro.

  • Avoid adding information about the vector geometry type in the algorithm or parameter description, as this information is already available in the parameter descriptions.

  • Adicione o valor padrão do parâmetro, e.g.:

    * - **Number of points**
      - ``NUMBER_OF_POINTS``
      - [number]
    
        Default: 1
      - Number of points to create
    
  • Descreva o tipo de entrada suportado pelos parâmetros. Existem vários tipos disponíveis, você pode escolher um:

    Parâmetro/Tipo de saída

    Descrição

    Indicador visual

    Point vector layer

    vetor: ponto

    pointLayer

    Camada vetor linha

    vetor: linha

    lineLayer

    Polygon vector layer

    vetor: polígono

    polygonLayer

    Camada vetorial genérica

    vetor: qualquer

    Vector field numeric

    campo de tabela: numérico

    fieldFloat

    String de campo vetorial

    campo de tabela: string

    fieldText

    Campo vetorial genérico

    campo de tabela: qualquer

    Camada raster

    raster

    rasterLayer

    Banda raster

    banda raster

    arquivo HTML

    html

    Camada de table

    tabela

    tableLayer

    Expressão

    expressão

    expression

    Geometria de pontos

    coordenadas

    Extensão

    extensão

    SRC

    crs

    setProjection

    Enumeração

    enumeração

    selectString

    Lista

    lista

    Número

    número

    selectNumber

    String

    string

    inputText

    Booleano

    booleano

    checkbox

    Caminho da pasta

    pasta

    Arquivo

    arquivo

    Matriz

    matriz

    Camada

    camada

    Mesmo tipo de saída que o tipo de entrada

    mesmo da entrada

    Definição

    definição

    Ponto

    ponto

    MultipleLayers

    multipleLayers

    Intervalo

    range

    AuthConfig

    authconfig

    Malha

    malha

    Layout

    layout

    LayoutItem

    layoutitem

    Cor

    cor

    Escala

    escala

  • Estude um algoritmo bem documentado existente e copie todos os layouts úteis.

  • Quando você tiver terminado, basta seguir as diretrizes descritas em Uma Contribuição Passo a Passo para confirmar suas alterações e fazer uma Pull Request

Este é um exemplo de um algoritmo existente existing algorithm para ajudá-lo com o layout e a descrição:

.. _qgiscountpointsinpolygon:

Count points in polygon
-----------------------
Takes a point and a polygon layer and counts the number of points from the
point layer in each of the polygons of the polygon layer.
A new polygon layer is generated, with the exact same content as the input
polygon layer, but containing an additional field with the points count
corresponding to each polygon.

.. figure:: img/count_points_polygon.png
  :align: center

  The labels in the polygons show the point count

An optional weight field can be used to assign weights to each point.
Alternatively, a unique class field can be specified. If both options
are used, the weight field will take precedence and the unique class field
will be ignored.

``Default menu``: :menuselection:`Vector --> Analysis Tools`

Parameters
..........

.. list-table::
   :header-rows: 1
   :widths: 20 20 20 40

   * - Label
     - Name
     - Type
     - Description
   * - **Polygons**
     - ``POLYGONS``
     - [vector: polygon]
     - Polygon layer whose features are associated with the count of
       points they contain
   * - **Points**
     - ``POINTS``
     - [vector: point]
     - Point layer with features to count
   * - **Weight field**

       Optional
     - ``WEIGHT``
     - [tablefield: numeric]
     - A field from the point layer.
       The count generated will be the sum of the weight field of the
       points contained by the polygon.
   * - **Class field**

       Optional
     - ``CLASSFIELD``
     - [tablefield: any]
     - Points are classified based on the selected attribute and if
       several points with the same attribute value are within the
       polygon, only one of them is counted.
       The final count of the points in a polygon is, therefore, the
       count of different classes that are found in it.
   * - **Count field name**
     - ``FIELD``
     - [string]

       Default: 'NUMPOINTS'
     - The name of the field to store the count of points
   * - **Count**
     - ``OUTPUT``
     - [vector: polygon]

       Default: [Create temporary layer]
     - Specification of the output layer type (temporary, file,
       GeoPackage or PostGIS table).
       Encoding can also be specified.

Outputs
.......

.. list-table::
   :header-rows: 1
   :widths: 20 20 20 40

   * - Label
     - Name
     - Type
     - Description
   * - **Count**
     - ``OUTPUT``
     - [vector: polygon]
     - Resulting layer with the attribute table containing the
       new column with the points count