Outdated version of the documentation. Find the latest one here.

.

QGIS as OGC Data Client

O Open Geospatial Consortium (OGC) é uma organização internacional com mais de 300 membros como entidades comerciais, sem fins lucrativos e de investigação distribuídos por todo mundo. Os membros desenvolvem e implementam standards para conteúdos e serviços geoespaciais, processamento e troca de dados SIG.

Descrevendo um modelo básico de dados para elementos geográficos e um número crescente de específicações estão desenvolvidos para servir necessidades específicas para localização interoperável e tecnologia geoespacial, incluindo o SIG. Mais informação é encontrada em http://www.opengeospatial.org/.

Important OGC specifications supported by QGIS are:

OGC services are increasingly being used to exchange geospatial data between different GIS implementations and data stores. QGIS can deal with the above specifications as a client, being SFS (through support of the PostgreSQL / PostGIS data provider, see section Camadas POSTGIS).

Cliente WMS/WMTS

Visão Geral do Suporte WMS

QGIS currently can act as a WMS client that understands WMS 1.1, 1.1.1 and 1.3 servers. In particular, it has been tested against publicly accessible servers such as DEMIS.

A WMS server acts upon requests by the client (e.g., QGIS) for a raster map with a given extent, set of layers, symbolization style, and transparency. The WMS server then consults its local data sources, rasterizes the map, and sends it back to the client in a raster format. For QGIS, this format would typically be JPEG or PNG.

WMS is generically a REST (Representational State Transfer) service rather than a full-blown Web service. As such, you can actually take the URLs generated by QGIS and use them in a web browser to retrieve the same images that QGIS uses internally. This can be useful for troubleshooting, as there are several brands of WMS server on the market and they all have their own interpretation of the WMS standard.

As camadas WMS podem ser adicionadas facilmente, desde que saiba o URL de acesso ao servidor WMS, tenha uma ligação capaz a esse servidor, e que o servidor use HTTP como um mecanismo de transferência de dados.

Visão Geral do Suporte WMTS

QGIS can also act as a WMTS client. WMTS is an OGC standard for distributing tile sets of geospatial data. This is a faster and more efficient way of distributing data than WMS because with WMTS, the tile sets are pre-generated, and the client only requests the transmission of the tiles, not their production. A WMS request typically involves both the generation and transmission of the data. A well-known example of a non-OGC standard for viewing tiled geospatial data is Google Maps.

De forma a exibir os dados a várias escalas aproximadas ao que o utilizador deseja ver, os conjuntos de mosaicos WMTS são produzidos a vários níveis de escala diferentes e são disponibilizados ao cliente SIG mediante pedido.

Este diagrama ilustra o conceito dos conjuntos de mosaicos

Figure WMTS 1:

../../../_images/concept_wmts.png

Conceito dos conjuntos de mosaicos WMTS

The two types of WMTS interfaces that QGIS supports are via Key-Value-Pairs (KVP) and RESTful. These two interfaces are different, and you need to specify them to QGIS differently.

1) In order to access a WMTS KVP service, a QGIS user must open the WMS/WMTS interface and add the following string to the URL of the WMTS tile service:

"?SERVICE=WMTS&REQUEST=GetCapabilities"

Um exemplo deste tipo de endereço é

http://opencache.statkart.no/gatekeeper/gk/gk.open_wmts?\
  service=WMTS&request=GetCapabilities

A camada topo2 funciona lindamente para testar neste WMTS. Adicionando esta linha e texto indica que é um serviço web WMTS que deverá ser usado em vez de o serviço WMS.

  1. O serviço WMTS RESTful torna-se uma forma diferente, é um URL simples, a forma recomendada pela OGC é:

{WMTSBaseURL}/1.0.0/WMTSCapabilities.xml

This format helps you to recognize that it is a RESTful address. A RESTful WMTS is accessed in QGIS by simply adding its address in the WMS setup in the URL field of the form. An example of this type of address for the case of an Austrian basemap is http://maps.wien.gv.at/basemap/1.0.0/WMTSCapabilities.xml.

Note

You can still find some old services called WMS-C. These services are quite similar to WMTS (i.e., same purpose but working a little bit differently). You can manage them the same as you do WMTS services. Just add ?tiled=true at the end of the url. See http://wiki.osgeo.org/wiki/Tile_Map_Service_Specification for more information about this specification.

Quando lê o WMTS pode muitas vezes pensar em WMS-C.

Seleccionar Servidores WMS/WMTS

The first time you use the WMS feature in QGIS, there are no servers defined.

Begin by clicking the mActionAddWmsLayer Add WMS layer button on the toolbar, or selecting Layer ‣ Add WMS Layer....

A janela Adicionar Camada(s) do Servidor para adicionar camadas dos servidores WMS aparecem. Pode adicionar alguns servidores para brincar clicando no botã0 [Adicionar servidores padrões] . Isto irá adicionar dois servidores WMS demonstração para que possa usar, os servidores WMS do DM Solutions Group e Lizardtech. Para definir uma novo servidor WMS no separador Camadas, seleccione o botão [Novo] . De seguida introduza os parâmetros de ligação que deseja para o Servidor WMS, como está listado na table_OGC_1:

Nome

Um nome para esta ligação. Este nome será usado para a lista de Ligações do Servidor para que possa distingui-la de outros Servidores WMS.

URL

URL do servidor que fornece os dados. Isto deverá ser um nome de alojamento válido – o mesmo formato que irá usar para abrir a ligação telnet ou o ping a um alojamento.

Utilizador

Nome de Utilizador para aceder a um Servidor WMS protegido. Este parâmetro é opcional.

Palavra-passe

Palavra-chave para autenticação básica no Servidor WMS. Este parâmetro é opcional.

Ignorar GetMap URI

checkbox Ignorar GetMap URI reportado nas capacidades. Use um URI dado em cima para o campo URL.

Ignorar GetFeatureInfo URI

checkbox Ignorar GetMap URI reportado nas capacidades, use um URI dado em cima para o campo URL.

Tabela 1 OGC : Parâmetros de Ligação WMS

If you need to set up a proxy server to be able to receive WMS services from the internet, you can add your proxy server in the options. Choose Settings ‣ Options and click on the Network & Proxy tab. There, you can add your proxy settings and enable them by setting checkbox Use proxy for web access. Make sure that you select the correct proxy type from the Proxy type selectstring drop-down menu.

Once the new WMS server connection has been created, it will be preserved for future QGIS sessions.

Tip

Em URLs de Servidores WMS

Certifique-se, que quando introduzir o URL do servidor WMS, seja o URL base. Por exemplo, não deve ter fragmentos como request=GetCapabilities ou version=1.0.0 no seu URL.

Carregar camadas WMS/WMTS

Uma vez preenchido os parâmetros com sucesso pode usar o botão [Ligar] para responder às capacidades do servidor seleccionado. Isto inclui a codificação da imagem, Camadas, Estilos de Camadas, e Projecções. Uma vez que isto é uma operação de rede, a velocidade de resposta depende da qualidade da ligação da sua rede ao servidor WMS. Enquanto faz a transferência de dados do servidor WMS, o progresso da transferência é visualizada no canto inferior esquerdo da janela do WMS.

O seu ecrã deve assemelhar-se agora à figure_OGR_1, que mostra a resposta dada pelo servidor do Portal Europeu do Solo.

Figure OGR 1:

../../../_images/connection_wms.png

Dialog for adding a WMS server, showing its available layers nix

Codificação da Imagem

A secção Codificação de Imagem agora apresenta uma lista de formatos suportados pelo cliente e servidor. Escolha de acordo com as exigências de precisão da sua imagem.

Tip

Codificação da Imagem

Descobrirá que tipicamente os servidores WMS permitem a escolha da codificação de imagem em JPEG ou PNG. O JPEG é um formato comprimido com perda de informação, enquanto que o PNG reproduz fielmente os dados matriciais originais.

Use JPEG se espera dados WMS para fotografia na natureza e/ou não se importa da perda de alguma qualidade na imagem. Este típico trade.off reduz em 5 vezes o requerimento de transferência comparado ao PNG.

Use o PNG se necessitar representações precisas dos dados originais, e não se importa dos requerimentos de transferência de dados.

Opções

O campo Opções fornece um campo de texto onde pode adicionar Nome da Camada para a camada WMS. Este nome irá ser apresentado na legenda após carregamento da camada.

Em baixo do nome da camada pode definir Tamanho do mosaico, se quiser configurar os tamanhos do mosaico (ex.: 256x256) para dividir o pedido do WMS em pedidos múltiplos.

O Limite de elementos para GetFeatureInfo define quais os elementos do servidor a consultar.

Se seleccionou um WMS da lista, um capo com a projecção padrão, fornecida pelo mapserver, aparece. Se o botão [Change...] está activo, pode clicar e mudar para a projecção padrão do WMS para outro SRC fornecido pelo Servidor WMS.

Por fim, caso o servidor WMS suporte esta funcionalidade, pode activar checkbox Use contextual WMS-Legend. Assim, apenas apenas será mostradas a parte da legenda relevante para a extensão actual do mapa e não são incluído itens da legenda que não sejam visíveis no mapa actual.

Ordem das Camadas

O separador Ordem de Camada tem uma lista das camadas seleccionadas disponíveis do WMS actual ligado. Poderá reparar que algumas camadas expansíveis, isto significa que a camada pode ser exibida na escolha dos estilos de imagem.

You can select several layers at once, but only one image style per layer. When several layers are selected, they will be combined at the WMS server and transmitted to QGIS in one go.

Tip

Ordenar Camadas WMS

As camadas WMS renderizadas por um servidor são sobrepostas na ordem da lista da secção de Camadas, de cima para baixo da lista. Se quiser alterar a ordem de sobreposição, pode usar o separador Ordem de camadas.

Transparência

In this version of QGIS, the Global transparency setting from the Layer Properties is hard coded to be always on, where available.

Tip

Transparência em Camada WMS

A disponibilidade de transparência da imagem do WMS depende da codificação da imagem usada: PNG e GIF suportam transparência, enquanto que o JPEG não suporta.

Sistema de Referência de Coordenadas

A coordinate reference system (CRS) is the OGC terminology for a QGIS projection.

Cada Camada WMS pode ser apresentada em múltiplos SRC, depedendo da capacidade do servidor WMS.

Para escolher o SRC seleccione [Alterar...] e a janela semelhante à da Figura Projecção 3 na Trabalhando com Projecções aparecerá. A diferença principal com a versão do WMS do ecrã é que neste apenas os SRC suportados apareceram no Servidor WMS.

Mosaicos

Ao usar Serviços WMTS (WMS em cache) como

http://opencache.statkart.no/gatekeeper/gk/gk.open_wmts?\
  service=WMTS&request=GetCapabilities

you are able to browse through the Tilesets tab given by the server. Additional information like tile size, formats and supported CRS are listed in this table. In combination with this feature, you can use the tile scale slider by selecting Settings ‣ Panels (KDE and Windows) or View ‣ Panels (Gnome and MacOSX), then choosing Tile scale. This gives you the available scales from the tile server with a nice slider docked in.

Usar a Ferramenta Identificar

Once you have added a WMS server, and if any layer from a WMS server is queryable, you can then use the mActionIdentify Identify tool to select a pixel on the map canvas. A query is made to the WMS server for each selection made. The results of the query are returned in plain text. The formatting of this text is dependent on the particular WMS server used.

Selecção do formato

Se múltiplos formatos são suportados pelo servidor, uma caixa de combinação com os formatos suportados é automaticamente adicionado aos resultados da janela de identificação e o formato seleccionado irá armazenar no projecto para a camada.

Suporte do formato GML

The mActionIdentify Identify tool supports WMS server response (GetFeatureInfo) in GML format (it is called Feature in the QGIS GUI in this context). If “Feature” format is supported by the server and selected, results of the Identify tool are vector features, as from a regular vector layer. When a single feature is selected in the tree, it is highlighted in the map and it can be copied to the clipboard and pasted to another vector layer. See the example setup of the UMN Mapserver below to support GetFeatureInfo in GML format.

# in layer METADATA add which fields should be included and define geometry (example):

"gml_include_items"   "all"
"ows_geometries"      "mygeom"
"ows_mygeom_type"     "polygon"

# Then there are two possibilities/formats available, see a) and b):

# a) basic (output is generated by Mapserver and does not contain XSD)
# in WEB METADATA define formats (example):
"wms_getfeatureinfo_formatlist" "application/vnd.ogc.gml,text/html"

# b) using OGR (output is generated by OGR, it is send as multipart and contains XSD)
# in MAP define OUTPUTFORMAT (example):
OUTPUTFORMAT
    NAME "OGRGML"
    MIMETYPE "ogr/gml"
    DRIVER "OGR/GML"
    FORMATOPTION "FORM=multipart"
END

# in WEB METADATA define formats (example):
"wms_getfeatureinfo_formatlist" "OGRGML,text/html"

Propriedades de Visualização

Uma vez ter adicionado o servidor WMS, pode ver as suas propriedades clicando com o direito do rato na legenda, e seleccionando Propriedades.

Separador dos Metadados

O separador Metadados exibem a riqueza de informação sobre o servidor WMS, geralmente recolhidos a partir da declaração de de Capacidades devolvidos a partir desse servidor. Muitas das definições podem ser removidas através da leitura dos padrões WMS (veja OPEN-GEOSPATIAL-CONSORTIUM Literatura e Referências Web), mas aqui estão algumas definições uteis:

  • Propriedades do Servidor

    • Versão do WMS — Versão do WMS suportada pelo servidor.

    • Image Formats — The list of MIME-types the server can respond with when drawing the map. QGIS supports whatever formats the underlying Qt libraries were built with, which is typically at least image/png and image/jpeg.
    • Identity Formats — The list of MIME-types the server can respond with when you use the Identify tool. Currently, QGIS supports the text-plain type.
  • Propriedades da Camada

    • Seleccionado — Se esta camada foi ou não seleccionada quando o servidor foi adicionado a este projecto.

    • Visible — Whether or not this layer is selected as visible in the legend (not yet used in this version of QGIS).
    • Pode Identificar — Se a camada retorna ou não resultados quando a ferramenta Identificar é usada.

    • Can be Transparent — Whether or not this layer can be rendered with transparency. This version of QGIS will always use transparency if this is Yes and the image encoding supports transparency.
    • Can Zoom In — Whether or not this layer can be zoomed in by the server. This version of QGIS assumes all WMS layers have this set to Yes. Deficient layers may be rendered strangely.
    • Contagem em cascata — Os servidores WMS podem funcionar como proxies de outros servidores WMS de forma a obter dados matriciais para uma camada. Este campo mostra quantas vezes o pedido desta camada é redireccionado por outros servidores WMS para obter um resultado.

    • Fixed Width, Fixed Height — Whether or not this layer has fixed source pixel dimensions. This version of QGIS assumes all WMS layers have this set to nothing. Deficient layers may be rendered strangely.
    • WGS 84 Bounding Box — The bounding box of the layer, in WGS 84 coordinates. Some WMS servers do not set this correctly (e.g., UTM coordinates are used instead). If this is the case, then the initial view of this layer may be rendered with a very ‘zoomed-out’ appearance by QGIS. The WMS webmaster should be informed of this error, which they may know as the WMS XML elements LatLonBoundingBox, EX_GeographicBoundingBox or the CRS:84 BoundingBox.
    • SRC disponíveis — As projecções em que esta camada pode ser renderizada pelo servidor WMS. As mesmas encontram-se listadas no formato original WMS.

    • Disponível em estilo — Os estilos de imagem em que esta camada pode ser renderizada pelo servidor WMS.

Mostra a legenda gráfica do WMS no tabela de conteúdos e compositor

The QGIS WMS data provider is able to display a legend graphic in the table of contents’ layer list and in the map composer. The WMS legend will be shown only if the WMS server has GetLegendGraphic capability and the layer has getCapability url specified, so you additionally have to select a styling for the layer.

Se a legendaGraphic estiver disponível, é exibido em baixo da camada. é pequeno e tem de clicar nele para este ser aberto na sua dimensão real (devido à limitação da arquitectura do QgsLegendInterface). Ao clicar na legenda da camada irá ser aberto uma moldura com a legenda na sua resolução completa.

In the print composer, the legend will be integrated at it’s original (dowloaded) dimension. Resolution of the legend graphic can be set in the item properties under Legend -> WMS LegendGraphic to match your printing requirements

A legenda irá exibir informação de contexto baseada na sua escala actual. A legenda WMS será exibida apenas se o WMS tiver capacidade GetLegendGraphic e a camada tiver um url getCapability específico, possa que possa seleccionar um estilo.

Limitações do Cliente WMS

Not all possible WMS client functionality had been included in this version of QGIS. Some of the more noteworthy exceptions follow.

Editar Configurações da Camada WMS

Once you’ve completed the mActionAddWmsLayer Add WMS layer procedure, there is no way to change the settings. A work-around is to delete the layer completely and start again.

Servidores WMS que Requerem Autenticação

Actualmente o acesso público e serviços WMS protegidos são suportados. Os servidores WMS protegidos podem ser acedidos pela autenticação pública. Pode adicionar credenciais (opcionais) quando adiciona o servidor WMS. Veja a secção Seleccionar Servidores WMS/WMTS para detalhes.

Tip

Aceder a camadas protegidas OGC

Se necessitar de proteger camadas com outros métodos seguros além da autenticação básica, pode usar o InteProxy como proxy transparente, que suporta vários métodos de suporte. Mais informação pode ser encontrada no manual InteProxy no sítio na internet http://inteproxy.wald.intevation.org.

Tip

|qg| WMS Mapserver

Since Version 1.7.0, QGIS has its own implementation of a WMS 1.3.0 Mapserver. Read more about this in chapter QGIS as OGC Data Server.

Cliente WCS

wcs O Web Coverage Service (WCS) fornece acesso a dados matriciais em formatos úteis a renderização no lado do cliente, como input a modelos científicos, e para outros clientes. O WCS pode ser comparado ao WFS e ao WMS. Enquanto instâncias de WMS e WFS, o WCS permite aos clientes escolher porções de informação guardada num servidor com base em condicionantes espaciais e outros critérios de consulta.

QGIS has a native WCS provider and supports both version 1.0 and 1.1 (which are significantly different), but currently it prefers 1.0, because 1.1 has many issues (i.e., each server implements it in a different way with various particularities).

The native WCS provider handles all network requests and uses all standard QGIS network settings (especially proxy). It is also possible to select cache mode (‘always cache’, ‘prefer cache’, ‘prefer network’, ‘always network’), and the provider also supports selection of time position, if temporal domain is offered by the server.

Cliente WFS e WFS-T

In QGIS, a WFS layer behaves pretty much like any other vector layer. You can identify and select features, and view the attribute table. Since QGIS 1.6, editing WFS-T is also supported.

De uma forma geral adicionar uma camada WFS é muito semlehante ao procedimento usado com o WMS. A diferença é que não existe servidores padrões definidos, portanto nós teremos de adicionar o nosso.

Carregar uma camada WFS

Como exemplo nós usaremos o servidor WFS DM Solutions e exibiremos uma camada, O URL é: http://www2.dmsolutions.ca/cgi-bin/mswfs_gmap

  1. Clique na ferramenta wfs Adicionar Camada WFS na barra de ferramentas Camadas, a janela Adicionar Camada WFS do Servidor aparecerá.

  2. Clique em [Novo].

  3. Introduza ‘DM Solutions’ como nome.

  4. Introduza o URL (veja em cima).

  5. Clique [OK].

  6. Choose ‘DM Solutions’ from the Server Connections selectstring drop-down list.
  7. Clique [Ligar].

  8. Espera pela lista de camadas a ser preenchida.

  9. Seleccione a camada Parques da lista.

  10. Clique [Aplicar] para adicionar a camada ao mapa.

Repare que as configurações proxy que definiu nas suas preferências são também reconhecidas.

Figure OGR 3:

../../../_images/connection_wfs.png

Adding a WFS layer nix

You’ll notice the download progress is visualized in the lower left of the QGIS main window. Once the layer is loaded, you can identify and select a province or two and view the attribute table.

Apenas o WFS 1.0.0 é suportado. Até este momento não houve muitos testes contra versões WFS implementadas em outros servidores WFS. Se encontrar problemas com outros servidores WFS, por favor não hesite em contactar a equipa de desenvolvimento. Por favor dirija-se à Secção Ajuda e Suporte para mais informação sobre as listas de discussões.

Tip

Procurar Servidores WFS

You can find additional WFS servers by using Google or your favorite search engine. There are a number of lists with public URLs, some of them maintained and some not.