Outdated version of the documentation. Find the latest one here.

.

Complemento de Interpolação

O complemento intepolação pode ser usado para gerar uma interpolação TIN ou IDW a partir de camada vetorial de pontos. É muito simples de manusear e oferece uma interface de usuário gráfica intuitiva para a criação de camadas raster interpoladas (ver Figure_interpolation_1). O complemento requer que os seguintes parâmetros sejam especificados antes de executar:

  • Entrada Camada vetorial: Especifique a camada(s) de pontos vetoriais de entrada a partir da lista de camadas de ponto carregadas. Se várias camadas forem especificadas, os dados de todas as camadas serão usados na interpolação. Nota: É possível inserir linhas ou polígonos como restrições para a triangulação, especificando tanto “pontos”, “linhas de estrutura” ou “linhas de quebrar” na caixa combinada Tip selectstring.

  • Atributo de interpolação: Selecione a coluna do atributo que será usado para interpolação ou habilite a caixa de seleção checkbox Use Z-Coordenada

  • Método de interpolação: Selecione o método de interpolação. Ele pode ser ‘Triangulated Irregular Network (TIN)’ or ‘Inverse Distance Weighted (IDW)’.

  • Número de colunas/linhas: Especifique o número de linhas e colunas para o aquivo raster de saída.

  • Arquivo de Saída: Define o nome do arquivo raster de saída.

  • checkbox :guilabel:`Adicionar resultado ao projeto ` para carregar o resultado na tela do mapa.

Figure Interpolation 1:

../../../_images/interpolate_dialog.png

Complemento Interpolação nix

Usando o complemento

  1. Inicie QGIS e coloque uma camada vetorial de ponto (por exemplo, elevp.csv).

  2. Carregue o complemento Interpolação no Gerenciador de complementos (ver The Plugins Menus) e clique em Raster ‣ Interpolação ‣ raster-interpolate Interpolação , que aparecerá na barra de menu QGIS. A janela do complemento interpolação aparecerá como mostrada na Figure_interpolation_1.

  3. Selecione uma camada de entrada (p. ex., elevp’ |selectstring|) e a coluna (p. ex., ``ELEV`) para interpolação.

  4. Selecione um método de interpolação (ex.: ‘Triangulated Irregular Network (TIN)’), e especifique um tamanho de célula de 5000 e um bom nome de arquivo raster de saída (ex.: elevation_tin).

  5. Clique [OK].