.

Iniciando

Este capítulo da uma visão geral rápida sobre a instalação do QGIS, alguns dados de exemplo na web sobre o QGIS e rodar uma primeira seção simples visualizando camadas raster e vetoriais.

Instalação

A instalação do QGIS é muito simples. Estão disponíveis pacotes de instalação padrão para MS Windows e Mac OS X. Se proporcionam pacotes binários (rpm e deb) ou repositórios de software para adquirir o seu gerenciador de instalação de pacotes para diversos servidores de GNU/Linux. Consiga as últimas informações sobre pacotes binários na página do QGIS na internet em http://download.qgis.org.

Instalação à partir da fonte

Se necessitar compilar o QGIS a partir da fonte, por favor consulte as instruções de instalação. São distribuídas com o código fonte do QGIS em um arquivo chamado INSTALL. Tambem pode encontrar em linha de comando em http://htmlpreview.github.io/?https://raw.github.com/qgis/QGIS/master/doc/INSTALL.html

Instalação no dispositivo de armazenamento externo

QGIS te permite definir uma opção --configpath que sobrepõe uma rota pré-determinada pela configuração do usuário (ex.: ~/.qgis2 bajo Linux) e também força uma QSettings ao usar esse diretório. Ele te permite, por exemplo, levar uma instalação do QGIS em uma memória flash junto com todos os complementos e a configuração. Veja a seção Menu Sistema para informações adicionais.

Amostra de Dados

O guia de utilizador contém exemplos baseados no conjunto de amostra de dados do QGIS.

win O instalador do Windows tem uma opção para baixar o conjunto de dados de amostra do QGIS. Ao marcar a opção, os dados serão baixados em sua pasta Meus Documentos e ficarão locados em uma pasta chamada GIS Database. Pode-se usar o Windows Explorador para mover esta pasta para um local adequado. Se não marcar a caixa de seleção para instalação do conjunto de dados de amostra durante a instalação inicial do QGIS, pode optar por uma das seguintes:

nix osx Para GNU/Linux e Mac OS X, ainda não existe disponível pacotes de instalação de dados no formato rpm, deb ou dmg. Para usar o conjunto de dados de amostra, baixe o arquivo qgis_sample_data como um arquivo ZIP de http://download.osgeo.org/qgis/data/qgis_sample_data.zip e descompacte os arquivos no seu sistema.

O banco de dados Alaska inclue todos dados SIG que voce usará nos exemplos e verá nas imagens do manual do usuário; também inclui uma pequena base de dados do GRASS. A projeção usada nos dados de exemplo do QGIS é Alaska Albers Equal Área em unidade pés. O código EPSG é 2964.

PROJCS["Albers Equal Area",
GEOGCS["NAD27",
DATUM["North_American_Datum_1927",
SPHEROID["Clarke 1866",6378206.4,294.978698213898,
AUTHORITY["EPSG","7008"]],
TOWGS84[-3,142,183,0,0,0,0],
AUTHORITY["EPSG","6267"]],
PRIMEM["Greenwich",0,
AUTHORITY["EPSG","8901"]],
UNIT["degree",0.0174532925199433,
AUTHORITY["EPSG","9108"]],
AUTHORITY["EPSG","4267"]],
PROJECTION["Albers_Conic_Equal_Area"],
PARAMETER["standard_parallel_1",55],
PARAMETER["standard_parallel_2",65],
PARAMETER["latitude_of_center",50],
PARAMETER["longitude_of_center",-154],
PARAMETER["false_easting",0],
PARAMETER["false_northing",0],
UNIT["us_survey_feet",0.3048006096012192]]

Se você pretende usar o QGIS como um visualizador gráfico para o GRASS, você pode encontrar uma seleção de localizações de amostra (ex.:, Spearfish or South Dakota) no site oficial do SIG GRASS, http://grass.osgeo.org/download/sample-data/.

Sessão Amostra

Agora que você tem o QGIS instalado e um conjunto de dados de amostra disponível, nós gostaríamos de demostrar uma corta e simples seção no QGIS. Usaremos a camada raster qgis_sample_data/raster/landcover.img, e o camada vetor lakes, qgis_sample_data/gml/lakes.gml.

Iniciar o QGIS

  • nix Iniciar QGIS teclando “QGIS” um uma linha de comando prompt, ou usando-se um binário pré-combinado, usando o menu de Aplicativos.

  • win Inicie o QGIS usando o menu Iniciar ou o atalho do ambiente de trabalho, ou de duplo clique no arquivo de projeto QGIS.

  • osx de duplo clique no ícone na sua pasta de Aplicações.

Carregue camadas vetoriais ou raster a partir do conjunto de amostras de dados

  1. Clique no ícone mActionAddRasterLayer Carregar Raster

  2. Navegue até a pasta qgis_sample_data/raster/, selecione o arquivo ERDAS IMG landcover.img e clique [Abrir].

  3. Se o arquivo não estiver na lista, verifique se está listado Tipo de arquivos selectstring na parte inferior da caixa de diálogo e encontra-se no tipo correto, neste caso “Erdas Imagine Images (*.img, *.IMG)”.

  4. Agora clique no ícone mActionAddOgrLayer Carregar Vetor

  5. radiobuttonon Arquivo deveria estar selecionado como Tipo de origem na nova janela Adicionar camada vetorial. Agora clique [Navegar] para selecionar a camada vetorial.

  6. Navegue na pasta qgis_sample_data/gml/, selecione ‘Geography Markup Language [GML] [OGR] (.gml,.GML)’ da lista Tipo de arquivos selectstring , a continuação selecione o arquivo GML lakes.gml e cique [Abrir]. No diálogo Adicionar camada vetorial, clique [Abrir]. O diálogo Seletor do Sistema de Referência de Coordenadas se abrirá com NAD27 / Alaska Alberts selecionado, clicando [Aceitar].

  7. Amplie um pouco até à sua área favorita com alguns lagos.

  8. De duplo clique na camada lakes da legenda do mapa para abrir o diálogo Propriedades

  9. Clique na janela Estilo e selecione um preenchimento de cor azul.

  10. Clique na janela Etiquetas e marque a caixa de seleção checkbox Etiquetar esta camada com para habilitar o etiqueta. Selecione o campo “NOMES” com o campo que contêm as etiquetas.

  11. Para melhoras a leitura das etiquetas, pode adicionar um buffer branco ao redor dando um clique no “Buffer” na lista da esquerda, marcando checkbox Desenhar buffer no texto e escolhendo 3 como tamanho do buffer

  12. Clique [Aplicar]. Confira se o resultado ficou bom e clique finalizar [OK].

Pode ver como é fácil visualizar camadas raster e vetoriais no QGIS. Vamos até a seção seguinte para aprender mais sobre as funções, características e configurações disponíveis e como usar-las.

Iniciar e Parar QGIS

Na seção Sessão Amostra você aprenderá como iniciar o QGIS. Repetiremos isto e verá que o QGIS também proporciona outras opções de linha de comandos.

  • nix Assumindo que o QGIS está instalado no PATH, inicie QGIS teclando qgis no console ao dando duplo clique no link do aplicativo QGIS (ou atalho) no desktop ou no menu do aplicativo.

  • win Inicie o QGIS usando o menu Iniciar ou o atalho do ambiente de trabalho, ou de duplo clique no arquivo de projeto QGIS.

  • osx Duplo clique no ícone na sua pasta Aplicações. Se necessita iniciar QGIS na shell, execute /path-to-installation-executable/Contents/MacOS/Qgis.

Para finalizar o QGIS, clique na opção do menu nix win Arquivo osx QGIS ‣ Sair, ou use o atalho Ctrl+Q.

Opções da Linha de Comandos

nix QGIS suportam um número de opções quando iniciam pelas linhas de comando. Para obter uma lista das opções, introduza qgis --help na linha de comando. A sentença de uso para o QGIS é:

qgis --help
QGIS - 2.6.0-Brighton 'Brighton' (exported)
QGIS is a user friendly Open Source Geographic Information System.
Usage: /usr/bin/qgis.bin [OPTION] [FILE]
OPTION:
      [--snapshot filename]   emit snapshot of loaded datasets to given file
      [--width width] width of snapshot to emit
      [--height height]       height of snapshot to emit
      [--lang language]       use language for interface text
      [--project projectfile] load the given QGIS project
      [--extent xmin,ymin,xmax,ymax]  set initial map extent
      [--nologo]      hide splash screen
      [--noplugins]   don't restore plugins on startup
      [--nocustomization]     don't apply GUI customization
      [--customizationfile]   use the given ini file as GUI customization
      [--optionspath path]    use the given QSettings path
      [--configpath path]     use the given path for all user configuration
      [--code path]   run the given python file on load
      [--defaultui]   start by resetting user ui settings to default
      [--help]                this text

FILE:
  Files specified on the command line can include rasters,
  vectors, and QGIS project files (.qgs):
   1. Rasters - supported formats include GeoTiff, DEM
      and others supported by GDAL
   2. Vectors - supported formats include ESRI Shapefiles
      and others supported by OGR and PostgreSQL layers using
      the PostGIS extension

Dica

Exemplo do Uso dos argumentos da linha de comandos

Inicie o QGIS para especificar um ou mais arquivos de dados na linha de comando. Por exemplo, assumindo ser o diretório qgis_sample_data, voce inicia QGIS com uma camada de arquivo vetorial e uma raster estabelecidos para que se carregue no inicio, usando-se os seguintes comandos: qgis ./raster/landcover.img ./gml/lakes.gml

Opção da linha de comandos --snapshot

Esta opção permite que possa criar uma captura de ecrã no formato PNG da visão atual. Isto vem a calhar quando tem vários projetos e quer gerar capturas de tela dos seus dados.

Currently, it generates a PNG file with 800x600 pixels. This can be adjusted using the --width and --height command line arguments. A filename can be added after --snapshot.

Opção da linha de comandos --lang

Based on your locale, QGIS selects the correct localization. If you would like to change your language, you can specify a language code. For example, --lang=it starts QGIS in italian localization. A list of currently supported languages with language code and status is provided at http://hub.qgis.org/wiki/quantum-gis/GUI_Translation_Progress.

Opção da linha de comandos --projeto

Iniciar o QGIS com um arquivo de projeto existente também é possível. Só adicione na linha de comando a opção --project seguido do nome de seu projeto e QGIS irá abrir com todas as camadas carregadas no arquivo indicado.

Opção da linha de comandos --extent

Use esta opção para iniciar com uma extensão de mapa específica. Necessita adicionar uma quadro delimitador da sua extensão na seguinte ordem, seguido por uma vírgula:

--extent xmin,ymin,xmax,ymax

Opção da linha de comandos --nologo

Este argumento de linha de comando oculta a tela inicial quando você iniciar o QGIS.

Opção da linha de comandos --noplugins

Se você tiver problemas ao iniciar os complementos, poderá evitar iniciar-los com essa opção. Estarão sendo disponíveis depois no gerenciador de complementos.

Opção de linha de comando --customizationfile

Usando este argumento de linha de comando, você pode definir um arquivo GUI personalizado, que será aplicado ao iniciar.

Opção da linha de comandos --nocustomization

Usando este argumento de linha de comando, um arquivo GUI personalizado existente, não será aplicado ao iniciar.

Opção da linha de comandos --optionspath

Pode ter várias configurações e decidir qual utilizar ao iniciar QGIS com esta opção. Verá-se Opções para confirmar onde armazenar os arquivos de configuração o sistema operacional. Atualmente, não existe forma de especificar um arquivo para escrever a configuração; portanto pode criar uma cópia do arquivo de configuração original e trocar o nome. A opção específica de caminho ao diritório com os ajustes. Por exemplo, para utilizar o arquivo de configuração /path/to/config/QGIS/QGIS2.ini , use a opção.

--optionspath /path/to/config/

Opção da linha de comandos --configpath

Esta opção é similar a anterior, mas no entanto, anula o caminho predeterminado pela configuração do usuário (~/.qgis2) e força QSettings para também usar esse diretório. Isto permite aos usuários, por exemplo, carregar uma instalação QGIS na unidade flash, junto com todos os complementos e configurações.

Opção de linha de comandos --código

Esta opção pode ser utilizada para executar um arquivo python dado diretamente depois que QGIS foi iniciado.

Por exemplo, quando se tem um arquivo python chamado load_alaska.py com o seguinte conteúdo:

from qgis.utils import iface
raster_file = "/home/gisadmin/Documents/qgis_sample_data/raster/landcover.img"
layer_name = "Alaska"
iface.addRasterLayer(raster_file, layer_name)

Supondo que esta no diretório onde o arquivo load_alaska.py se encontra, pode iniciar QGIS, cargue o arquivo raster landcover.img e de uma camada de nome ‘Alaska’ utilizando o seguinte comando: qgis --code load_alaska.py

Projetos

O estado de sua seção QGIS é considerado um projeto. QGIS trabalha em um projeto por vez. Configurações são consideradas por projeto, ou como padrão pré-determinado para novos projetos (ver seção Opções). QGIS pode salvar o estado de sua área de trabalho dentro do arquivo do projeto, usando a opção do menu Projeto ‣ mActionFileSave Salvar ou Projeto ‣ mActionFileSaveAs Salvar como....

Carregue o projeto salvo em uma seção QGIS usando Projeto ‣ mActionFileOpen Abrir..., Projeto ‣ Novo a partir de um modelo ou Projeto ‣ Abrir projeto recente ‣.

Se você deseja cancelar sua seção e iniciar outra escolha Projeto ‣ mActionFileNew Novo. Ou das opções do menu será solicitado que você salve o projeto existente se houve mudanças desde a última vez que ele foi aberto ou salvo.

O tipo de informação salva num arquivo de projeto inclui:

  • Camadas adicionadas

  • Propriedades da Camada, incluindo a simbolização

  • Projeção para a vista do mapa

  • Última extensão visualizada

O arquivo do projeto é salvo em formato XML, assim é possível editar o arquivo em outras versões do QGIS se conhecer o que está fazendo. O formato do arquivo tem sido atualizado constantemente comparado com as versões anteriores do QGIS. Os arquivos de projeto de versões antigas do QGIS não podem funcionar corretamente. Para fazer isto, na janela Geral aba Configurações ‣ Opções você pode selecionar:

  • checkbox Avisar para salvar o projeto e alterações de fontes de dados quando necessário

  • checkbox Avisar quando abrir um projeto salvo com uma versão antiga do |qg|

Sempre que salvar um projeto no QGIS 2.2 irá criar uma cópia de segurança do projeto.

Arquivo de Saída

Existem muitas maneiras de gerar uma saída para seção QGIS. Já discutimos isso na seção Projetos, salvando como um arquivo de projeto. Aqui apresentamos outras formas de produzir arquivos de saída.

  • A opção do menu Projecto ‣ mActionSaveMapAsImage Salvar como Imagem abre um diálogo de arquivo onde pode selecionar nome, caminho e tipo de imagem (formato PNG ou JPG). Um arquivo world file com a extensão PNGW ou JPGW é salvo na mesma pasta georeferenciando a imagem.

  • Opção do menu Projeto ‣ Exportar DXF ... abrirá a janela onde deve definir o ‘Modo da simbologia’, a ‘Escala da simbologia’ e a camada vetorial que irá exportar para DXF.

  • Na opção de menu Projeto ‣ mActionNewComposer Novo compositor de impressão abrirá a janela onde pode criar ou imprimir o mapa atual (ver seção Compositor de Impressão).